terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Mundo Novo

Sinto
Te vejo
Mundo novo
Mistérios que me chamam
Certezas que me abalam
Decifro tu'alma
Penetro teu ser
Te conheço mas não entendo
Não leio teus anseios, tuas vontades
Segredos de quimera
Disfarce do medo
Mundo novo
Estrela caída, que brilha ainda que palidamente
Recuperarei teu brilho
Permita-me ir a fundo em tuas feridas
Para poder curar-te
Energia que tenho do puro, do belo amor
Que tudo pode, que tudo é
Deixe que a vida prevaleça
Que os pássaros voem livres e cantem
Que Gaia seja plena

Jéssica Magalhães

2 comentários:

  1. Parab+ens! Admiro quem percebe e consegue externar sentimentos.

    ResponderExcluir
  2. necessario verificar:)

    ResponderExcluir

Matraqueando... opiniões legítimas e que procedam com o que pensam, por favor.